Café com o Sensei

Café com o Sensei

Pensamentos e comentários do Sensei Jorge Kishikawa

20-dez-2018

Memórias da Família Vitoretti


Feliz é a criança que sabe o que quer.
Lamentavelmente, tal situação nem sempre acontece por algumas razoes:
- porque ela não sabe o que quer
- porque inexiste alguém que possa oferecer o que ela quer
- porque os pais não concordam (ou não compreendem) o que ela quer
 
Aqui, temos uma situção em que conseguimos vencer todas as situações e que vale a pena não só compartilhar, mas tomá-la como exemplo, se almejamos, é claro, a felicidade é o crescimento saudável de nossos filhos:



"Era uma vez....

Um menino de 5 anos, que descobriu uma trilha, que levava a um caminho, e mesmo sabendo que este caminho seria árduo, difícil e longo, decidiu, com a ajuda e apoio de sua família percorre-lo.



Era outubro de 2015, e graças a uma faixa promocional divulgando o NITEN, descobrimos o "Bushido".
Como o menino sempre teve encantos com a espada, seu fascínio pela arte samurai foi imediata, e mesmo sabendo que um guerreiro só recebe treinamentos de combate a partir dos 12 anos (naquele dojo, naquela época), decidiu sentar-se e esperar, contemplando todos os seus "sempais" que ali aperfeiçoavam suas técnicas e durante algumas semanas, na verdade, quase dois meses, ele simplesmente contemplou.



Porém, sua persistência em assistir os treinos foi observada pelos coordenadores, e uma primeira chance lhe foi dada.
E tudo começou a se transformar e acontecer, pois ele já sabia que a obstinação o levaria a conquista dos seus objetivos, apesar da pouca idade. E então, foi assim, que nossa família hoje vive neste caminho, no Bushido, no caminho do guerreiro. Seguindo os ensinamentos do Sensei Kishikawa.




"A vida não começa quando chegamos ao topo, é o caminho que escolhemos pra viver que nos leva até lá."

Tive que escrever este conto, na terceira pessoa, para não me emocionar demasiadamente, apesar de ser quase impossível!
Sou Barbosa - Cristiane, mãe do Arthur, o menino da estória, e apesar de apenas três anos nos separarem do inicio disso tudo, posso dizer, que os primeiros passos no caminho foram largos e que a cada momento vemos o quão intenso é viver nele, através dele.

Arthur hoje tem 8 anos, foi o primeiro aluno do Niten no KIR JOVEM, que hoje já funciona a pleno vapor em nossa unidade. Atendendo crianças de 6 a 12 anos.
Duas vezes por semana, ele se realiza, sendo útil ao dojo, ao Sempai e ao Sensei. Exercendo sua lealdade, honra e compaixão, é exemplo e "monitor" de todas as crianças que chegam até nós, e isso nos enche de admiração e contentamento. Nossas vidas são impactadas constantemente e a cada dia, a cada treino, temos a certeza de que ter concedido ao nosso pequeno "bushi" a oportunidade de nos mostrar o caminho foi a melhor escolha.
Nada que eu escreva ou diga, descreverá o quão felizes e gratos somos por termos esse suporte incrível na educação e criação dos nossos filhos (sim, filhos, temos também a Gomes - Maria Fernanda, 11 anos. Mas dela falarei em breve, em outra estória), onde todos nós praticamos diariamente as virtudes de um Samurai, e isso nos leva, inevitavelmente a muitos sucessos e conquistas. Seja na escola, no convívio social, ou até mesmo familiar.
A disciplina, o respeito, o compromisso, a organização o autoconhecimento são apenas algumas das qualidades que podemos adquirir ao percorrer este caminho. E nossas crianças já ganham isso tudo por acréscimo, dentro do dojo, pois o exemplo dos sempais e coordenadores é fato inequívoco dessa grande oportunidade.

Domo Arigato Gozaimashita"

Barbosa - Unidade Campo Grande






















Auto retrato do Arthur




Tags: Egan2018_DEZ,